Archive for the ‘Frases’ Category

Esforça-te por ser feliz!…

Thursday, November 7th, 2013

Caminha_placidamente_blog

“Caminha, placidamente, em meio ao ruído e a pressa e pensa na paz que pode existir no silêncio.

Mantém boas relações com todas as pessoas, a qualquer preço, menos o da tua abdicação. Fala a tua verdade com serenidade e clareza e escuta os outros, mesmos os enfadonhos e os ignorantes, porque também eles têm a sua história. Evita as pessoas espalhafatosas e agressivas; elas causam vexames ao espírito. Se te comparas com os outros, podes tornar-se vaidoso ou amargo, porque encontrarás sempre pessoas de mais ou menos importância do que tu. Deleita-te com as tuas realizações, bem como os teus planos.

Conserva-te interessado em tua própria carreira, por mais humilde que ela seja; é um bem real em meio às fortunas transitórias do tempo. Sê cauteloso em teus negócios, porque o mundo está cheio de trapaça. Mas, não permitas que isso te faça cego às virtudes; muitas pessoas lutam em prol de altos ideais e, por toda a parte, a vida está plena de heroísmo.

Sê tu mesmo. Especialmente, não finjas afeições, nem sejas cínico no amor, porque, apesar de toda a aridez e desencanto, ele é perene como a relva. Aceita, com indulgência o conselho da idade, renunciando com graças as coisas da mocidade. Alimenta a fortidão de espírito, para que ele te sirva de escudo contra uma súbita desventura. Não te angusties, porém, ante coisas imaginárias.

Muitos medos nascem da fadiga e da solidão. À parte uma saudável disciplina, sê bondoso contigo mesmo. És um filho do universo, não menos que as árvores e as estrelas; tens o direito de estar aqui. E, quer compreendas isso, quer não, o universo se vai expandindo como deve. Vive, portanto, em paz com Deus, seja qual for a idéia que D’Êle tenhas, e sejam quais forem, teus labores e aspirações na ruidosa confusão da vida, procura ficar em paz com tua alma.

Com todas as imposturas, lidas servis e sonhos desfeitos, este é ainda, um belo mundo. Sê cauteloso.

Esforça-te por ser feliz.”

(Texto encontrado na Igreja de Saint Paul – Baltimore, EUA – datado de 1692.)

Thomas Browne e a morte

Thursday, May 19th, 2011

A morte que tem a arte de reduzir tudo a pó, sepulta até os túmulos

Thomas Browne (poeta inglês – 1605-1682)

Mais 100 anos de Madre Teresa

Thursday, September 2nd, 2010

No dia 26 de agosto de 2010, foi comemorado o centenário do nascimento de Madre Teresa de Calcutá. Sua belíssima obra social nos dá conta de que cada pessoa é única e, por isso, toda vida tem o seu incalculável valor. Ela nos mostrou que todos são merecedores de nossa atenção, dedicação e preocupações.

Todavia, observando o histórico de vida missionária de Madre Teresa, e imaginando a quantidade de vidas que foram ajudadas e confortadas pelas suas ações e em função de sua boa influência, permito-me cometer a heresia de conceber a ideia de que, mesmo que todas as vidas tenham o mesmo valor, algumas perdas impactam o mundo, consideravelmente mais do que outras.

Madre Teresa viveu 87 anos. Se tivesse vivido 100, ainda assim, o Mundo clamaria por mais 100 anos de sua existência, mesmo sabendo que seriam insuficientes dada a necessidade que temos de almas como a dela.

O fruto da oração é a fé
O fruto da fé é o amor
O fruto do amor é o serviço
O fruto do serviço é a paz

Madre Teresa de Calcutá

A passagem

Saturday, August 21st, 2010

A passagem
(Lêdo Ivo)

“Que me deixem passar – eis o que peço
diante da porta ou diante do caminho.
E que ninguém me siga na passagem.
Não tenho companheiros de viagem
nem quero que ninguém fique ao meu lado.
Para passar, exijo estar sozinho, somente de mim mesmo acompanhado.
Mas caso me proíbam de passar
por ser eu diferente ou indesejado
mesmo assim eu passarei.
Inventarei a porta e o caminho
e passarei sozinho.”