Fenômeno jogando, desastre falando

Na última segunda-feira (06/07), se alguém passasse pela porta de meu quarto, à noite, certamente, concluiria que eu estava vendo o melhor programa humorístico de todos os tempos. Erraria! Eu estava vendo o programa “bem amigos” da rede Globo/SporTV, apresentado pelo polivalente Galvão Bueno. Então, do que é que eu e minha mulher ríamos tanto!? De Ronaldo, o fenômeno!…

Meu amigo, o cara é um fenômeno jogando bola (mesmo gordinho), mas dando entrevista, em programa ao vivo, é um desastre de grandes proporções.

Foram muitos os momentos hilários, mas aqueles realmente inesquecíveis foram quando Ronaldo começou a falar do Presidente Lula e sua paixão pelo Corinthians. Falou que foram à Brasília colocar a faixa de campeão no Presidente, foi quando Galvão perguntou a ele, o que é que Lula teria falado ao pé de seu ouvido, como mostrava uma imagem em video. Ronaldo desconversou, dizendo que não lembrava, até soltar a seguinte pérola: “…Lula disse que vai indicar várias empreiteiras para ajudar o timão...”. Santa Ingenuidade……rs….

Depois, colocado de novo na parede, disse que conheceu o palácio quase todo, acompanhado da primeira dama, Dnª Marisa, que até lhe apresentou orgulhosa “…a sua criação de porquinhos da Índia…”. KKKKKK…….(não vai aqui nenhuma crítica política e também nada contra a criação do Cavia Parcellus, mas não consigo imaginar a Dnª Ruth Cardoso, criando estes bichinhos no fundo do Palácio…rsrsrs…)

Aí para fechar com chave de ouro, o fenômeno resolveu sacanear a torcida flamenguista (vamos combinar: isso eu adorei!) colocando sob suspeita o método estatístico que nos tem dado conta de que se trata da maior torcida do Brasil. Galvão, chegou a gelar e se saiu logo com a idéia de que Ronaldo estava só “tirando onda”, de brincadeira. Que nada! Tava falando super sério e deve ter enfurecido os flamenguistas que já devem estar preparando uma “linda” recepção para ele, no Maraca, por ocasião do jogo Flamengo e Corinthians que ainda vai acontecer…

Ronaldo é um exemplo de atleta, de sucesso, de persistência e de vencedor. Não resta nenhuma dúvida! Particularmente, me diverti demais com a sua entrevista e com a forma despretensiosa com que lançava as suas idéias, como se ignorasse a enorme repercussão de tudo que se fala em programa de TV.

Mas, como ele passou a ser admirado por todo o mundo, jogando futebol, algo que nasceu para fazer, acho que deveria ser assim delimitada a nossa análise sobre o fenômeno, independente de bobagens fenomenais que tenha produzido, naquela famigerada noite do “bem amigos”.

Eu gosto do Ronaldo e torço muito por ele. Mas, que Lula deve ter ficado muito puto com ele, ahhh…isso ele ficou….rs…

PS: Alguém saberia onde e quando será a próxima entrevista do fenômeno, hein!?

HSF

Tags: , , , , , , , , ,

Leave a Reply