Archive for the ‘Futebol’ Category

Comendo a bola?

Thursday, July 1st, 2010

Como disse, a seleção da Alemanha, desta copa, tem enchido os olhos de quem aprecia futebol.

Dizem, inclusive, que na despedida da Seleção Alemã, pouco antes de partirem para a África, o grande e respeitado kaiser Franz Beckenbauer, desejou a todos muito boa sorte, dizendo que queria ver todo mundo “comendo a bola” no mundial.

Poxa, tô achando que o técnico da Alemanha Joachim Löw levou muito à sério o desejo do ídolo alemão….Irrrhhhhh…..

HSF

A Copa do Mundo é uma grande festa!

Thursday, July 1st, 2010

É impossível ficar sem publicar algum post, em plena copa do mundo de futebol, na África do Sul, ainda que você esteja passando por uma tremenda escassez de tempo (…e de disposição, claro!…rs).

A Copa é uma grande festa! Uma mistura de raças e de costumes admirável. Nunca fui a uma, mas em 2014 teremos uma grande chance de comparecer, pois será aqui, no Brasil. Espero que possamos acompanhar esta próxima copa, ostentando uma estrela a mais no peito…

Bom, amanhã terá um jogo que reputo como extremamente difícil. Quartas de final entre Brasil e Holanda (que joga muito bem).

Vou deixar meu palpite e depois volto para conferir se acertei: Brasil vai sofrer num jogo que será muito tenso, mas passa para a semifinal.

Quem está me agradando até agora nesta copa da África do Sul? Alemanha e Argentina, nesta ordem. Pena que no próximo sábado, uma das duas se despede do mundial, não é!?…

Bola pra frente! (…tô de volta…..)

HSF

Veríssimo: um gênio colorado

Saturday, December 5th, 2009

luiz-fernando-verissimo_atireiopaunogatoLuiz Fernando Veríssimo é mesmo um gênio! Sua última crônica, “Para voltar a crer”, publicada em vários locais, inclusive no Blog do Noblat, se traveste de uma profunda mensagem de repúdio às mazelas da humanidade e, ao final, deixa patente seu objetivo maior, a saber, uma “quase súplica” ao arqui-rival grêmio, para que ganhe o jogo contra o flamengo, amanhã, permitindo que o internacional, seu time do coração, tenha ainda alguma chance de ser campeão brasileiro. Vale a pena a leitura…rs…

Até que para um vascaíno, como eu, não seria uma má idéia….. então…… PRA FRENTE GRÊÊÊÊÊÊÊMIOOOOOOOOOO!!!!!!……….

HSF

Para voltar a crer

Não faltam motivos para descrer da Humanidade.
Vamos combinar que fizemos coisas extraordinárias, mas nossa passagem pela Terra não está sendo, exatamente, um sucesso.
Para cada catedral erguida bombardeamos três, para cada civilização vicejante liquidamos quatro, a cada gesto de grandeza correspondem cinco ou seis de baixeza, para cada Gandhi produzimos sete tiranos, para cada Patrícia Pilar dezessete energúmenos.
Inventamos vacinas para salvar a vida de milhões ao mesmo tempo que matamos outros milhões pelo contágio e a fome.
Criamos telefones portáteis que funcionam como gravadores, computadores — e às vezes até telefones — mas ainda temos problema com a coriza nasal.
Nosso dia a dia é cheio de pequenas calhordices, dos outros e nossas.
Rareiam as razões para confiar no vizinho ao nosso lado, o que dirá do político lá longe, cuja verdadeira natureza muitas vezes só vamos conhecer pela câmera escondida.
Somos decididamente uma espécie inconfiável, além de venal, traiçoeira e mesquinha.
E estamos envenenando o planeta, num suicídio lento do qual ninguém escapará. E tudo isso sem falar no racismo, no terrorismo e no Big Brother Brasil.
Eu tinha desistido de esperar pela nossa regeneração.
Ela não viria pela religião, que se transformou em apenas outro ramo de negócios. Nem viria pela revolução, mesmo que se pagasse para o povo ocupar as barricadas.
Eu achava que a espécie não tinha jeito, não tinha volta, não tinha salvação. Meu desencanto era total. Só o abandonaria diante de alguma prova irrefutável de altruísmo e caráter que redimisse a Humanidade.
Uma prova de tal tamanho e tal significado que anularia meu ceticismo terminal e restauraria minha esperança no futuro. E esta prova virá neste domingo, se o Grêmio derrotar o Flamengo no Maracanã.
Se o Grêmio derrotar o Flamengo, o Internacional pode ser campeão. Mas o mais importante não é isso.
Se o Grêmio derrotar o Flamengo mesmo sabendo as consequências e o possível beneficio para o arquiadversário, estará dando um exemplo inigualável de superioridade moral.
A volta da minha fé na Humanidade não interessa, Grêmio. Pense no que dirá a História.
Pense nas futuras geraçõ
es!”

The “great” Joel

Wednesday, November 18th, 2009

Joel_mandela_atireiopaunogatoJoel Santana, ex-técnico da seleção de futebol da África do Sul é realmente um sujeito carismático. Torci muito por ele, porque acredito que alguém que, aparentemente, se entregou a uma missão como ele, merecia um resultado melhor. A sua exposição na mídia, principalmente, explorando o seu jeito “próprio” de se articular tentando falar inglês, só reforça a minha tese de que ele é de fato um cara especial e que, apesar de sua origem humilde, não se deixou abater com o obstáculo da língua. Tirando os vários episódios hilários que protagonizou, gostaria de destacar, com muito respeito, o momento em que foi pedir a “benção” a Nelson Mandela. Foi de fato emocionante! Assim, antes da brincadeira, quero lhe desejar boa sorte em suas novas empreitadas.

Agora vejam a carta de demissão que o Joel teria escrito, quando da sua saída da seleção bafana bafana. Claro que se trata de uma “sacanagem” que um desses adoráveis desocupados me enviou pela internet…rsrs….

“COMUNIQUEITE

Just because the time of Soute Africa perdeite for Islândia, the coach Joel Socana leveite um foot in the bunda and was demitided. Joel said to imprensa that isso was a sacaneition. That the culpa was noti of him , because the time was very ruim,
with a lote of perebeition and it was very difficult to treineite this band of heads of bagres.
Joel Socana said that he donte know what time he will treineite agora, but he will not go to Fluminense to salveite of the segunda diviseition because he só talk english and the time of the tricoleition donte will understande his instruccions!”